domingo, 18 de dezembro de 2011

Objectivo 2012

2011 está por dias e por isso chegou a altura de me organizar para poder definir calendário e objectivos para 2012 , porque isto de trabalhar fins de semana e ter horários indefinidos tem muitas complicações, mas pronto, cada um tem o que merece, já para não falar da questão do t€mpo lol.

No que diz respeito a bikes, a troika venceu em longa escala, não fosse eu mais um infeliz funcionário público culpado de tudo, mas adiante. Sim! os brinquedos vão ser os mesmos, sendo certo que ainda ponderei a troca da MSC, mas o valor que teria de dar e tendo em conta que ia ficar com uma bike mais pesada quase 1 kg, (isto para entrar no mundo do carbono), fez-me desistir da ideia, acabando por mante-la conforme está. Já o meu canhão de estrada, apesar de já mostrar algum desgaste na transmissão, vai-se manter também intacto até dar. 

Em termos provas, vou ter de ponderar muito bem as opções, pois dificilmente vou fazer o mesmo numero deste ano, mais uma vez por questões de liquidez (lol), mas é a realidade e por esse motivo vou ter de escolher muito bem, uma vez que pretendo mudar um bocado de "ares" para fugir ligeiramente à rotina. Para isso, já tenho em mente a participação em pelo menos um evento de XCO, uma prova de estrada e numa maratona da Taça de Portugal, sendo certo que também gostaria de fazer uma prova de 24 horas, mas possivelmente ainda não vai ser o próximo ano.

Os meus objectivos passam pela participação no Campeonato Regional XCM de Santarém, participação no XCO dos Cucos em Torres Vedras, participação na Taça de Portugal XCM Batalha e na de Santarém, sendo que nesta última será na versão Maratona, isto entre outros eventos.

No que diz respeito a resultados, tenho como objectivos fazer top 3 em Veterano A no Campeonato de Santarém em meia maratona, lutar pelo pódio nas outras meias maratonas em que participar e ganhar experiência nas restantes participações, mas acima de tudo o mais importante é terminar mais um ano sem quedas e problemas físicos, bem como, conseguir manter a disponibilidade para treinar como tive este ano.

Isto está tudo muito bem! mas não me posso esquecer que faço parte de uma equipa também com objectivos e como tal posso ter de alterar alguns objectivos em prol da equipa.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Mais um recorte....

Pois é! Mais uma vez a fazer noticia lol, desta vez na ediação 854 e 1 de dezembro do Jornal Nova Verdade.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

2011 está terminado!

Ainda faltam umas semanas para o ano terminar, mas em termos de BTT está concluído, pois não vou participar em mais eventos até ao final do ano e mesmo em termos de treinos, passa por manter o trabalho feito até aqui e começar a pensar em 2012.

Foi um ano de muito treino como até agora nunca tinha feito, pois estabeleci objectivos pessoais a atingir e para isso teria de fazer alguma coisa, porque eles não aparecem do nada. Para os conseguir foi treinar, treinar e mais treinar, mas agora olhando para trás considero que valeu a pena o sacrifício, porque consegui superar os objectivos e esse momentos ficam para mais tarde recordar.

O ano começou com a recuperação à intervenção cirúrgica à variz e como tal a preparação física não era a melhor, mas a força de vontade e sacrifício dava para dar e vender e depressa a condição física foi melhorando, tendo a grande reviravolta sido em Fevereiro na Maratona do Cartaxo, onde me correu pesimamente, mas senti que tinha "desentupido o escape". Daí para a frente o treino começou a render e os resultados foram aparecendo ao longo do ano

Participei em 17 eventos de BTT, 16 dos quais com classificações, e posso dizer que em termos gerais estou "mega" satisfeito, pois apenas tive problemas mecânicos em dois eventos, tendo num deles acabado por desistir, mas mesmo assim os resultados superaram as minhas expectativas, pois terminei o ano sem me magoar e com este "palmarés lol"

1.º - II Passeio dos B. V.  de Alenquer (meia-maratona)
2.º - 1ª Maratona Alexandre Ruas - Casais da Marmeleira - (meia maratona)
2.º - V Maratona do Camarnal - meia maratona
3.º - IV Maratona Terras de Toiro - Porto Alto (meia maratona)
3.º - II Open do Cartaxo - Veteranos A (meia maratona)
3.º - 4.º Raid dos Saloios - Arneiros - Torres Vedras - (meia maratona)     
4.º - Maratona da Benedita XCM#4 - Santarém - Vet A (meia maratona)
4.º - Maratona de Alpiarça - XCM#3 - Santarém -Vet A (meia maratona)    
5.º - 6.ª Maratona Festibike - Santarém Vet A (meia maratona)
5.º - Campeonato Regional de Santarém XCM - Vet A (meia maratona)
5.º - 6.ª Rota do Falção - Vila Chã de Ourique (meia maratona)
6.º - Maratona de Granho - XCM#2 - Santarém -Vet. A (meia maratona)
8.º - Taça de Portugal XCM#2 - Alte - (meia maratona)
8.º - 2.ª Prova 3h Resistência de Fazendas de Almeirim
12.º - XCM#1 Cartaxo - Regional Santarém -Vet. A (Meia-Maratona) 
23.º - 6.ª Maratona de Óbidos - (meia maratona)

Como é lógico estes resultados não se deveram só ao meu esforço, pois muito contribuiu o apoio de terceiros, pois sem eles possivelmente não tinha estes resultados e como tal, resta-me agradecer a quem me "atura". Não vou referir nomes, porque não quero ferir susceptibilidades, pois não vá alguém pensar que contribuiu para isso e depois não era mencionado lol.  

sábado, 26 de novembro de 2011

Já lá vai 1 ano

Por incrível que pareça já criei este blog à mais de um ano e nem dei por isso, lol, já fez no dia 13OUT um anito.

Começou numa de brincadeira e continua, porque digo o que quero e me apetece, ou quase, uma vez que levo isto como um registo pessoal que esta partilhado com o resto do mundo e arredores, em vez de estar numa pasta no PC.

Isto são os dados da minha brincadeira



Tendo em conta os dados em causa, verifico que à muita gente a passar-me cartão ou sem nada para fazer, o que de certa forma me preocupa, pois podem acreditar nas "bacoradas" e "papaias" que eu vou escrevendo lol

Até me fartar vou continuar a alimentar este espaço pessoal....

domingo, 20 de novembro de 2011

Rescaldo da IV Maratona Terra de Toiros - Porto Alto

Concluida a participação neste evento, dou por terminada a minha epoca  2011 e como tal, nada melhor do que o fazer neste grande evento, o qual esta cada vez melhor e este ano voltou a brindar-me com mais uma grande manhã de BTT. Dou os parabéns à organização que tudo fez para que as coisas corressem pelo melhor e de ano para ano nota-se o empenho em melhorar, onde as limitações geográficas limitam a diversidade de percurso. Para além do já referido também o S. Pedro foi amigo e brindou o pessoal com um final de manhã com muito sol.

Em comparação com o ano passado, posso dizer que melhorou em quase tudo, isto do meu ponto de vista, pois o controlo "0" veio acabar com a confusão da partida, bem como o espaço escolhido para logística e partida é mais favorável. No que diz respeito ao inicio, continu-o a achar complicado tantos kms atrás de um veículo, mas desta vez foram menos e o veículo seguia a velocidade mais elevada, o que evita os atropelos e distracção.
 


A minha opinião
- Organização: Sem reparos, considero uma excelente organização. 
- Levantamento de dorsais: Muito rápido, ás 07:40, bem estruturado com separação numérica.
- Ofertas:  Mais uma vez, muito bem servido de brindes, o bidon é sempre bem vindo e fora do comum e o chapeu também.
- Briefing: Não consegui perceber grande coisa, ficou a faltar uma coluna junto à linha de partida.
- Partida: Desta vez bem organizada, atrás de um veículo da organização e ligeiramente atrasada.
- Percurso: É o Porto Alto! Vou lá e sei para o que vou, por isso gostei do percurso apesar de pesado. 
- Sinalização do percurso: boa. Só a chegar ao campo é que tive uma dúvida, mas não passou disso.
- Controlos: Sem reparos
- Posto de abastecimento: não utilizei.
- ChegadaBoa! só acho que devia ter ficado mais ao fundo no campo de futebol, pois em situações de sprint poderia causar queda de alguém.
- Lavagem de bikes: 5*.
- Balneários: Condições exceletes e nesta parte foi o primeiro lol.
- Almoço: não participei.
- Prémios: É de louvar a entrega de trofeus, uma vez que estes estão quase extintos e não consigo compreender porquê.


A minha prestação
Posso dizer que correu como foi planeado, pois tinha como objectivo arrancar na frente e mais à frente era impossivel.

 Em termos de prova passava por aguentar a roda dos mais rápidos até as pernas se aguentaram e consegui isso durante os primeiros 20 kms, onde segui a roda o Fernando Carriço, Nuno vicente e mais alguns. Entretanto começei a perder o grupo de vista, que era composto por seis, onde me incluia, sendo este composto por três participantes para a meia e outros três para a Maratona.


Chegado à separação do percurso, seguia em terceiro a escasso mestros do segundo, o qual consegui alcançar uns kms mais à frente, mas no estradão antes de sair-mos da quinta, já com o Fernando Carriço à vista, não consegui aguentar a roda do segundo e começei a ve-lo afastar-se.


Daqui para a frente foi manter a minha cadência e controlar se aparecia alguém de trás, pois já só pensava em manter o 3.º lugar, uma vez que o 1.º ou o 2.º só lá chegava se existisse um problema com eles. Com a entrada no alcatrão estava confirmada a minha posição e agora era só pedalar e esperar pela chegada ao campo de futebol sem azares lol.



Resultados
Kms: 46,90
Tempo: 1:46:13
Média: 26,49
Acumulado:
Classificação: 3.º Meia Maratona
http://www.terrasdotoiro.com/


35 Km – 35Km – Masculinos
Posição
Dorsal
Nome
Sexo
Equipa
Tempo
1
597
Fernando CarriçoMClube de Praças da Armada
1:29:43
2
493
Rui NariguetaMCicloPinhal
1:30:09
3
288
Carlos Luis Manuel SantosMArealbike/RadioAlenquer
1:31:46
4
704
Carlos MartaMFullwear – Hilzy
1:34:52
5
228
Filipe Manuel Feitas NunesMTeam Quero é Andar d´Bike
1:35:00
6
73
Ricardo MendesMPapa palha team
1:35:05
7
36
Paulo PiresMC.A: Águias De Alpiarça
1:35:11
8
598
Luís Miguel Santana JunhoMClube de Praças da Armada
1:35:17
9
674
Antonio Manuel MoreiraMIndividual
1:40:52
10
555
Horácio Manuel Santos RibeiroMTeam Quero é Andar d´Bike
1:41:44




O meu dia:Depois de na noite anterior me ter deitado ás tantas, porque fui ver o Tony C..... (sim é esse! Uns vão a pé a Fátima, outros fazem coisa mais difíceis...ahahaha para os deixarem andar de bicicleta) o acordar foi a muito custo, mas como quem corre por gosto não cansa lá me coloquei ao caminho pelas 7 e picos na companhia do meu paitrocinio, que ainda não se cansou lol.

Cheguei ao Porto Alto pelas 07:40 com uma nublina e um gelo "manoso" e fui levantar o dorsal, tendo de seguida me preparado para a prova. Posto isto fui fazer uns  movimentos de aquecimento, tendo aproveitado  para comprimentar  o pessoal conhecido. Pelas 08:20 desloquei-me para o controlo "0" onde aguardei até à hora da partida.
A pré-partida deu-se atrás de um veículo da organização em velocidade moderada e arrastou-se durante cerca de 6 kms onde se denotou muita calma dos participantes na frente o que me surpreendeu pela positiva.

Depois de terminada a prova, foi ora de lavar o brinquedo, lavar o "artrista" e aguardar a entrega de dos trofeus, que ocorreu como deve ser, isto do meu ponto de vista, ou seja, após a chegadas dos primeiros, porque não concordo em fazer esperar os atletas durante a tarde para lhe entregarem um trofeu.

Pela primeira vez utilizei um "pulsometro" e os resultados da máquina foram:
kcal 1772
tempo- 1:45h
fat gordura - 3.9g
avg HR 162 - max HR 181
cal/h 1005
in zone 1:41h

não sei se é bom ou mau, mas é o que deu lol

Posto isto, o objectivo foi conseguido e foi um bom final de temporada.

Mais uma vez o fotografo teve ao seu nível e agora é esperar que para o ano renove contrato.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

IV Maratona Terra de Toiro - Porto Alto

No proximo domingo vou participar pela terceira vez neste evento, sendo o segundo consecutivo. Vou participar porque estou satisfeito com o trabalho desenvolvido pela organização e como tal, a única forma de agradecer  é voltar a participar, para fazerem mais e melhor.

No que diz respeito ao evento do ano passado apenas não gostei dos inumeros kms que fizemos em alcatrão a trás da carrinha da organização até entrar no mato, pois esta seguia a uma velocidade muito reduzida o que aumentou em  muito o risco de queda por parte dos participante e também não gosteis da partida, devido a alguns "artistas" não se terem colocado atrás do "balão" da partida, o que não aconteceria se existisse controlo "0".

Este ano vou contar com alguns elementos da equipa, um dos quais foi meu concorrente directo no ano passado lol, o que à partida irá ser uma mais valia, pois podemos trabalhar em equipa para atingir-mos melhores resultados.



O percurso já se esperava algo plano, ou melhor, com pouca altimetria, mas com umas picadas curtas e alguma lama, ou mesmo muita lama, o que torna o percurso muito pesado substituindo desta forma a falta de acumulado de subida.

No que diz respeito a objectivos em termos de classificação, são faceis e directos, ou seja melhorar o meu 7.º lugar do ano passado e lutar por um lugar no pódio da meia maratona.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Rescaldo do II Passeio dos BV de Alenquer

No dia 6 de Novembro de 2011 contrariamente ao previsto, marquei presença no segundo passeio organizado pelos Bombeiros Voluntários de Alenquer.


O passeio contava com as distâncias de 40 e 70 kms, em andamento livre e com cronometragem de tempos, mas momentos antes do inicio a organização informou que só iria existir o percurso dos 40 kms devido ás más condições em que se encontrava o terreno.

Pelas 09:30 deu-se inicio ao evento com saída do quartel dos Bombeiros, tendo o inicio propriamente dito sido junto ás piscinas de Alenquer sentido Alto da Boavista. Desde logo me coloquei na frente juntamente com o Luís Carvalho (colega de equipa) pois pretendia controlar os andamentos, uma vez que estava mais virado para a "descontra", mas passado 1 km isso já estava fora de questão, pois um dos participantes começou a impor ritmo forte e eu e o Luís seguimos-lhe a roda. Daqui para a frente foi sempre em andamento rápido, mas não no redline, tanto que todos tivemos problemas mecânicos devido à lama e lá íamos esperando uns pelos outros e da minha parte nunca existiu a vontade de tentar "descarregar" o outro participante. Os kms foram passando e nisto já estava-mos nas pedreiras da Carapinha, descemos até ao estaleiro da Câmara Municipal e subimos a Vila Alta onde seguia-mos os três juntos e assim se mantivemos até se iniciar a subida para o quartel dos bombeiros, onde eu sensivelmente a meio efectuei um sprint vindo de trás, o qual não teve resposta e me permitiu ganhar vantagem e terminar à frente deles, tendo atrás de mim terminado o Luís Carvalho e por fim o Miguel da equipa Dinazoo. 

A minha opinião
- Organização: a adquirir os primeiros conhecimentos e com um logo percurso pela frente;
- Levantamento de dorsais: Lento e algo atrapalhado;Fui levantar à loja, 5*.
- Ofertas:  Tshirt alusiva ao evento.
- Briefing: Suficiente.
- Partida: meia hora e tal de atraso, mas sem complicações
- Percurso: é complicado falar daquilo que fazemos regularmente.
- Sinalização do percurso: Razoável, apenas detectei uma falha.
- Controlos: bem localizados, coitadas das senhoras que carregavam os furadores. 
- Posto de abastecimento: não utilizei.
- ChegadaSem reparos;
- Lavagem de bikes: 5*.
- Balneários: Não utilizei.
- Almoço: não participei.


Resultados
Kms: 48,68
Tempo: 2h18m25s
Média: 21.03
Acumulado: ?
Classificação: 1.º 

Conclusões:
Os participantes não foram muitos, mas acredito que devia-mos ser cerca de 50 e quase todos do concelho de Alenquer, sendo bem perceptível a presença de algumas das equipas do concelho, nomeadamente a Arealbike/Radioalenquer, a CSRD Ota e a G.D.M.-BTT-TeamAço. Acredito que a fraca afluência de participantes se deveu à pouca publicidade e à existência de outros eventos no mesmo dia.

Segundo consta, muitos participantes foram mais numa de "descontra" o que compreendo, mas não é do meu feitio e também não acredito que fosse isso que a organização desejava, pois se assim fosse, não colocava pontos de controlo e contagem de tempos, mas o que interessa que que o pessoal gostou.

Para mim foi um bom treino e uma excelente abordagem à lama, foi pena a minha "maravilhova" protecção da escora by "CLMS" não se ter aguentado e ter morrido durante o percurso o que deu inicio a saga dos chupões. Também registo com muito agrado a "parelha" com o Luís Carvalho, pois acredito em se encontramos ao mesmo nível e com tal prevê-se uma provas bem partilhadas entre nós. 

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Percurso para ganir......

Ontem foi dia de treino de btt e nada melhor que um de força, num percurço feito por mim para esse efeito, ou não. Não sou fã de subir, mas tem de ser, por isso lá se arranjou 23 kms com 877 metros de subida, mesmo à porta de casa ou quase.

Para quem conhece, fala-se da Cabreira, Casais da Marmeleira, Refugidos, Casal das Trajanas, Casais do Bruxo, Trilho das antenas, Carapinha e Alenquer.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Arealbike/Radioalenquer

No passado dia 27 de Outubro de 2011, depois de avaliadas muitas das candidatuas e hipoteses em cima da mesa lol (ahahaha) foram apresentados os novos reforços da equipa para a proxima temporada.


E as novas contratações são Carlos Neves, Pedro Amaro e Luis Carvalho.

Depois de um ano inteiro ou mais a comer pó do Pedro e do Luis, nada melhor do que os trazer para a equipa e assim pode ser que eles se deixem enganar ahahahaah.

domingo, 30 de outubro de 2011

Campeonato XCM de Santarém 2011


Depois de cumpridas a quatros provas do regional, este chegou ao fim e o meu resultado final foi o 5.º lugar nos Veteranos A na Meia-Maratona.


Para o ano espero que exista novamente o campeonato, pois pretendo participar e lutar pelos primeiros lugares, novamente na meia.

domingo, 23 de outubro de 2011

Rescaldo Maratona Festibike 2011

Já foi!! Mais uma grande manhã de BTT neste grande, mas grande evento de BTT que contou com cerca de 2500 participantes.


Mais uma fez fui brindado com uma excelente organização, mas também não esperava outra coisa, uma vez que se trata de uma das melhores organização de eventos desta natureza e de uma das provas mais conceituadas do país.

só a meia-maratona

A minha opinião
- Organização: Sem grandes reparos  a fazer, apenas registei o atraso na abertura do portão e os problemas com as leituras ópticas na meia maratona. Fico satisfeito com o envio de uma pulseira para acompanhante evitando assim o problema do ano passado, onde fui bastante critico. 
- Levantamento de dorsais: Fui levantar à loja, 5*.
- Ofertas:  Tshirt da praxe. Acho muito pouco tendo em conta valor/patrocínios.
- Briefing: Se existiu não ouvi.
- Partida: Partida à hora marcada e bem estruturada, mas era desnecessário o banco de areia mesmo em frente à partida.
- Percurso: Nada de transcendente, mas tendo em conta o número de participante não se pode esperar grandes trilhos. Gostei da gincana, mas possivelmente porque vinha nos 30 primeiros lol e foi pena já conhecer quase o percurso todo de outros eventos nas redondezas, mas apesar de tudo gostei bastante.
- Sinalização do percurso: boa.
- Controlos: em parte correu bem, só foi pena no segundo controlo da meia o agrafador já não ter agrafos, isto quando apenas tinham passado os 25 primeiros e quase tinha de "bater no gajo" para trocar de "pica", mas pronto lá segui com o dorsal picado.
- Posto de abastecimento: não utilizei.
- ChegadaBoa! só não é perfeita porque a localização em termos de imagem não é nada de especial.
- Lavagem de bikes: 5*.
- Balneários: Não utilizei.
- Almoço: não participei.
- Prémios: Sem conhecimento

A minha prestação

Apesar deste ano não ter chegado tão cedo para me conseguir posicionar da melhor maneira, as coisas correram bem e consegui voltar a arrancar nos 40 primeiros, mas fiz uma má opção, pois o meu arranque foi efectuado mesmo pelo banco de areia que se localizava mesmo no meio da partida, o que me fez andar um bocado ás "couves". Logo após essa situação foi carga máxima e começar as ultrapassagens por já tinha perdido uns bons lugares.

Logo que saímos do espaço da feira já me encontrava mais ou menos posicionado e já pensava na subida e nisto vá de ganir por ela a cima até ao centro de Santarém. Já no final da subida estava nos 20 primeiros e no segundo grupo formado, o que era um dos meus objectivos, mas com a entrada na terra batida e com o aparecimento das primeiras subidas comecei a perder lugares e a acusar o esforço dos primeiros kms, altura em que  ia a pedalar com o Luís Monteiro.


Entretanto os kms foram passando e surge a "gincana" o que me permitiu apanhar roda novamente e nisto da-se a chegada à picada onde já seguia tudo a pé. Aqui foi o momento de viragem pois  apercebi-me que tinha conseguido recuperar o fôlego, mas no entanto fiquei desiludido por ver que o Luís Monteiro já tinha ficado para trás.


Apesar de me estar a sentir bem, não entrei em loucuras e fui controlando os cerca de 8 atletas que seguiam à minha frente, mantendo-me na cauda do grupo, mas a certa altura apercebo-me que mais à frente seguiam mais uns quantos e lá puxei um bocadinho para juntar o pessoal, mas eles foram quebrando eu consegui manter-me nesse grupo. Nesta fase entrámos num sobe e  desce de pedra onde consegui tirar vantagem sobre alguns, mas tinha consciência que não ia muito bem posicionado em termos de classificação, o que se confirmou mais à frente, onde sou informado que seguia em 23.º. Nesse momento foi a reviravolta e a consciência que tinha de gastar o resto da força, pois faltava cerca de 15 kms e estava longe do objectivo. Carreguei no pedal e a pouco e pouco fui ultrapassando atletas até sensivelmente a 5 kms da meta, pois a partir daqui não tive força para mais, mesmo estando o próximo aí a uns 10 metros, mas valeu a pena porque quando entro no espaço do evento sou informado que seguia em 13.º o que se confirmou no final.

Resultados
Kms: 47,67
Tempo: 1h57m25s
Média: 24.85
Acumulado: 790
Classificação: 5.º (veteranos A) e 13.º Geral

 O meu dia:

Começou pelas 06:30 e ás 07:00 já estava junto do resto da equipa prontos para rumar a Santarém. Segui-se a viagem na descontra e pelas 07:50 lá chegamos ao local do evento, depois foi sempre a despachar para entrar para o controlo 0 o mais rapidamente possível. Como o portão ainda não tinha sido aberto e o aglomerado era pouco lá se entrou sem confusão, a qual surgiu na entrada para a box, pois os leitores de código de barras não queriam trabalhar, o que se resolveu em escassos segundos. Lá me posicionei na segunda fila mesmo ao centro e lá estive na treta com o Luís, Barral e Nuno até à hora da partida.

À!!!! Quase que me esquecia de dizer que o Nuno conseguiu furar o pneu do estacionamento até à box e eu numa de brincadeira estava a gozar com o Luís a dizer que ele estava furado e todos verificaram os pneus e puf o Nuno completamente despejado. Como é só "profissionais" não levam nada, mas o Nuno lá pediu uma bomba e encheu o pneu, mas continuava a perder ar e liquido. Depois de uns minutos nisto e de muito gozo lá saquei eu do kit de sobrevivência e coloquei um taco no pneu dele, pondo em risco a minha participação (é deus no céu e eu na terra ahahah) e problema resolvido, ou quase, porque vai ter de pagar bem caro.
O meu R.Ron convertido continua a dar cartas, mesmo num terreno muito duro e com pedra até mais não, por isso vai-se manter até desiludir lol.

Apesar só ter conseguido um dos objectivos, que consistiam em terminar no top 10 e fazer abaixo das 2h, estou mais do que satisfeito, porque a concorrência está cada vez mais forte.

Como desta vez não tive a presença do paitrocinio as fotos estão a modos que escassas.

Quanto a agradecimentos, desta vez vão para o meu fã n.º 1 Cuco, (o invejoso ahahaha só falta ele convencer-se disso, pois até já anda ciumento) por me ter "dado roda" e ter andado à procura do bidon que perdi ahahaha e também agradeço ao Nuno Alegre por me ter retirado 5 gramas de peso das costas com o furo dele e já agora um obrigado ao Nuno Santos pela foto de família do Arealbike.


Para o ano à mais se estiver vivo e a Troika deixar.......

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Objectivo na Meia Maratona Festibike 2011


Pelo segundo ano consecutivo vou marcar presença no Festibike, e mais uma vez para participar na meia-maratona de BTT. Para mim é a melhor organização que conheço é tudo organizado ao promenor e são cumpridos os horários o que é de louvar, ainda por cima quando estamos a falar de mais de 2000 participantes. 

Este ano vou contar com alguns elementos da equipa o que é uma mais valia, em especial a presença do Luis Monteiro que anda mais ou menos o mesmo que eu e como tal espero que consiga-mos fazer um trabalho em equipa, e obter uma boa classificação, à semelhança do que aconteceu em Alte, mas como menos lama e com  melhor visão lol. 
Em termos de objectivos pessoais, pretendo melhorar significativamente o meu 24.º lugar do ano passado e como tal o objectivo será a chegada no top 10. 


Pelo que consta no gráfico não irá fugir muito da prova do ano passado e também não tem grande altimetria, tendo em conta o número de kms, mas aquele inicio mata-me, ou melhor, aquela subida até ao centro de Santarém dá cabo de mim... lol e depois ainda conta com mais dois pontos interessantes, ao kms 11 e ao km 27. Pelo andar da carroagem, não vai existir lama o que ira proporcionar uma prova mais rápida e com menos problemas mecânicos, pelo menos assim espero.

sábado, 15 de outubro de 2011

Cedeu na estreia...

Já à algum tempo que pretendia mudar de selim, uma vez que o que tinha está danificado devido a uma queda e a escola recaiu para o Essax no modelo adrenaline. Contudo não estava previsto ser já, mas como tive um problema no cepo desloquei-me à Binaclinica e o "grande" Valério assumiu o problema e colocou-me outro cepo, tendo eu como forma de reconhecimento e uma vez que ia a fazer contas de entrar em despesas, comprado o selim.



Pós é ... mas o dito cujo cedeu logo no dia da estreia, ou seja, na maratona dos rodinhas na Benedita, tendo eu dado por isso a meio da prova, não sabendo no entanto quando o "gajo" cedeu.
Lá voltei a chatear a Binaclinica e agora estou à espera que seja feita a troca por um novo.

Já cá mora o 981



segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Rescaldo da 1.ª Maratona Benecar/Rodinhas - Benedita

4.ª Prova do XCM de Santarém!

              Benedita em grande!!!!!!!!!!!!!!!!!!! 

Depois de alguma desilusão com o comunicado do cancelamento da última prova do Regional, nada melhor que um percurso de chorar por mais..... Terminou!... mas terminou em grande e por isso aqui fica os meus parabéns à organização, que nos brindou com esta manhã magnifica de puro btt.


A minha opinião
- Organização: organização simples, objectiva e sem complicações.
- Levantamento de dorsais: super rápido (08:30) e sem confusões, sendo certo que por volta das 09:30 verificava-se muita afluência, possivelmente porque o pessoal gosta da manhã na cama.
- Ofertas: Mantem-se a tshirt da praxe. Continu-o a achar muito pouco, mas é a minha opinião.
- Briefing: Perceptível e com bastantes referências aos perigos o que é de louvar, mas se fossem à maratona dos Arneiros - Torres Vedras era uma hora a falar nos perigos lol.
- Partida: Partida à hora marcada e bem organizada...
- Percurso: Muito! mas muito! mas mesmo muito bom! "é disto que o meu povo gosta", duro quanto baste e com tudo o que se quer.
- Sinalização do percurso: boa, mas nas vias alcatroadas faltou um ou outro elemento da organização.
- Controlos: sem necessidade de parar, muito bom se correr bem...
- Posto de abastecimento: não utilizei.
- ChegadaBoa! Desta vez foi melhorada a confusão da passagem dos atletas da maratona.
- Lavagem de bikes: Não utilizei.
- Balneários: Não utilizei.
- Almoço: não participei.
- Prémios: Sem conhecimento

A minha prestação

Mais uma vez lá voltei a ser dos primeiros a entrar para a box e como tal, consegui arrancar à frente dos meus concorrentes directos, mas logo no arranque fui ultrapassado por quatro, mas ao entrar na terra batida já tinha ganho novamente posição e nada melhor que seguir na roda do Pedro Barrela 5.º na Geral, pois o 4.º - Luis Rufino nunca mais o vi... é muita areia para a minha camioneta lol


Nisto já íamos no sobe e desce constante e com muito pó à mistura o que levantava muitas duvidas quanto ao trilho a seguir, por isso o melhor era ir na roda uns dos outros e eu lá continuava com o 5.º classificado debaixo de olho, porque sabia se o conseguisse aguentar na parte mais dura do percurso, que era mais ou menos até ao kms 20, provavelmente depois conseguiria ser mais forte, uma vez que se tratava de terreno praticamente plano.

Entretanto com o acumular de subidas as pernas já estavam a dar de si e não podia perder o grupo onde seguia, pois não vinha mais ninguém a trás, mas a pouco e pouco o 5.º, que seguia no mesmo grupo, foi-me ganhando uns metros, mas logo que começaram os singles tracks de regresso à Benedita, ele furou e eu iria tirar proveito disso na classificação geral final.


Com isto ganhei mais uns minutos de força e consegui engrenar no grupo novamente, onde me apercebo que vai mais um Veterano A, mas este em termos de classificação geral estava a baixo de mim, mas estava em causa um lugar no pódio nesta prova. Como isto não é só estratégia, as pernas faltaram-me e não consegui acompanhar o grupo nos kms finais. Sorte minha que se vinha a aproximar um grupo de três, que iam para a maratona e apanhei "boleia" com eles. Já a chegar à benecar apercebo-me que o Luis Carvalho, 2.º na geral vinha a aproximar-se e lá gastei o resto das forças e fugi ao grupo, terminando assim a escassos segundo do Luis Carvalho, mas se soubesse que estava fora do pódio, tinha feito trabalho de equipa e contas para ele manter o 2.º lugar lol, mas ele tá uma máquina e manteve o lugar.

Resultados
Kms: 43,17
Tempo: 1h50m13s
Média: 23.55
Acumulado: 680
Classificação: 4.º (veteranos A) e 7.º Geral



Definitivamente tenho de me convencer que o primeiro dos últimos é o meu lugar... vai lá vai....


 O meu dia:

Começou pelas 07:00 e ás 07:30 ja tinha feito negócio com o Mauro Andrade, na aquisição de um pneu lol. Depois segui até à santa terra onde troquei de veículo para ir de boleia com o Paitrocinio, uma vez que fui o unico da equipa a participar no evento. Pelas 08:00 dirigi-me então para a Benedita onde encontrei o Ricardo Pereira, já com as novas cores, o Pedro Amaro, o luis Carvalho e muitos outros.
Fui levantar o dorsal, preparei-me e fui fazer um aquecimento, tendo pelas 09:30 ido para a box onde estive a verder e a comprar "jogo" ahahaha até à hora da partida (aquele Agostinho dos Rodinhas mata-me ahahah).

Fica o registo de alivio pelo facto do meu R.Ron convertido se ter aguentado à bomboca e da desilusão do meu selim se ter partido logo na estreia, felizmente não prejudicou em quase nada a minha prestação.... lá vou ter de ver se a garantia assume algum defeito.

Apesar de não ter ido ao podio, conforme era meu objectivo, tenho de me sentir satisfeito, pois se não fui, foi porque os outros foram mais fortes.

Obrigada aos meus fotografos... que cada vez estão mais especialistas.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Objectivo para 4.ª Prova XCM do Regional de Santarém

É já domingo a 4.ª prova do campeonado regional de Santarém e desta vez a localidade escolhinda foi a Benedita, algo bem mais familiar para mim.
Possivelmente esta vai ser a prova onde o terreno será menos arenoso, mas com mais calhau e espero bem mais tecnico, o que trás mais espectaculo à prova e mais adrenalina. 
A prova irá contar com 680 m de acumulado de subida para 43,5 kms de extensão.....
Vou arrancar para esta prova em 6.º lugar da Meia-Maratona em Veteranos A e meu objectivo passa por um lugar no pódio e em termos de classificassão geral, subir ao 5.º lugar.

Com isto tudo só espero não levar comigo a nuvem de azar que me tenha acompanhados nas últimas voltas de BTT. 


Aqui fica o grafico de altimetria, de onde concluo que será mais uma prova contra relógio, a não ser que seja muito tecnica, o que vem de encontro à organização do Campeonato, pois estes têm apostado em percursos mais rolantes em prol dos mais tecnicos.


Aquando desta públicação a lista de inscritos ainda está muito longe das espectativas, mas acreditos que irá melhorar e que os meus concorrentes directos vão marcar presença.

domingo, 2 de outubro de 2011

Treino de hoje

Hoje foi mais um domingo de treino de estrada, com vário pessoal conhecido. O encontro foi no Carregado pelas 08:00 e teve como primeiro destino a Merceana, para "apanhar" mais pessoal.  Seguidamente o sentido foi Vila Verde, Vilar e Cadaval, tendo eu por motivos pessoais seguido sentido Espinheira, juntamento com o Daniel que optou vou vir comigo, enquanto o restante pessoal seguiu em direcção ao Bombarral.
A partir do momento em que nos separamos foi sempre a ganir entre Cadaval, Cercal, Espinheira e Alenquer.


Cheguei a Alenquer com 76 km, uma vez que fui ter ao Carregado e para mim começou logo a contar, tendo feito o trajecto em 2h32m com uma média de 30.09, mas graças à companhia do Daniel Assunção (bttsrcteam).

Obrigada ao Mauro (domos) pelo esclarecimento sobre o google earth, pois assim já tenho uma ideia das altimetrias lol.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Adeus Rubena!!!!!!!

Depois de este ano ter apostado nos pneus rubena, tanto na versão Charybdis 2.0 Tubeless Supra como na versão Scrylla 2.0 Tubeless Supra, achei que estava na altura de mudar, porque apesar de ter muita confiança nos mesmos em termos de aderência, estes têm um desgaste muito rápido e muito pouca resistência aos furos e não digo a "picadas" que o antifuro veda, digo pequenos cortes que necessitam de reparação. Sei que são baratos e leves, por isso foram uma opção, mas isso não chega e como tal, após uma pesquisa intensa a opção recaiu sobre a Specialized, nomeadamente no modelo Fast track S-works 2.0 2blits, que em termos de protecção da carcaça do pneu, mais concretamente na zona do rasto tem uma diferença abismal para os rubena, bem como os tacos são mais rijos e quanto a peso está no mesmo patamar, mas em termos de preço é ligeiramente mais caro.


Ainda tenho dois rubenas para acabar de gastar e como tal ainda vão ter de fazer uns kms, mais não seja em treinos para o próximo verão.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

60 kms a ganir......

Ontem depois de uma horas de limpesa na "pandereta" que estava que metia nojo e mais umas de limpesa geral à bike de BTT que ainda estava como veio de Óbidos (para castigo) agarrei na estradita e fui fazer uma voltinha desanuviar as de Alenquer.

Como estava na santa terra, arranquei de lá em direcção a Óbidos, aproveitando o imenso vento contra, para treinar a força lol. Segui em direcção ao Cercal, Alto das Gaeiras e aqui virei sentido Rio Maior, onde já se rolava bem melhor graças à falta de vento. Chegado a Rio Maior o sentido foi Quebradas, onde terminou a voltinha, com uma valente dor de pernas.


Kms: 60,59
Tempo: 1h55m22s
Média: 31,68

domingo, 18 de setembro de 2011

Rescaldo da 6 Maratona de Óbidos

É como pouca vontade que faço o rescaldo do que foi a minha presença na 6.ª Maratona de Óbidos, mas como estas também contam, segue o dito cujo.

Ainda estava a 4 dias da prova e já as coisas pareciam estar nubeladas, pois consegui apanhar uma gripe em "condições" mas dei cabo dela e fui participar praticamente limpo. Com isto chegou o dia e o acordar foi pelas 06:15 da matina, pois o encontro com o restante pessoal da equipa estava marcado para as 06:45.

Segundo problema, antes de seguir para Óbidos fui para abastecer o meio de transporte porque estava na reserva mas as bombas de serviço de 24 horas não aceitavam o meu MB e lá fui eu quase sem "petróleo" a pensar quando ficava a pé, mas para piorar as coisas apercebo-me que  minha pandereta ia a aquecer demasiado...falta de água, pensava eu, mas não.... mas lá consegui chegar a Óbidos pelas 07:45 na companhia do Luis Monteiro e do Rui Barral que seguiam descontraidamente em outro veículo lol.

Quando cheguei a agitação ainda era pouca, mas em pouco tempo começou o movimento que se esperava, tendo eu ido buscar o dorsal antes que começasse a confusão. Seguidamente preparei-me para a prova e ainda consegui comprimentar o Mauro Domos, o Paulo Coutinho e os irmãos Trancadas que andavam a passarinhar por lá.

Pelas 08:20 lá me desloquei para a partida, e coloquei-me mesmo à frente, onde aguardei 40 minutos com um friuzinho manhoso, tal era a ventania que se fazia sentir. Pelos 09:00 em ponto iniciou-se a prova e eu sem grandes incómodos assumi a cabeça do pelotão até à subida para o Castelo.

Com a entrada na terra os primeiros começaram a impor ritmo, algo moderado que estava a originar que o pessoal de trás viesse a tentar as ultrapassagens, mas nisto surge a primeira subida "à homem" por volta do km 8 e lá fui eu a tentar ir na roda e nisto zas pneu da frente furado. Ainda andei uns bons metros porque o liquido vedou, mas estava muito vazio,pelo que disse ao Luis Monteiro que ia furado e tinha de parar, o que aconteceu a meio da subida. Lá dei ar ao pneu e arranquei a correr encosta a cima e tentar recuperar o prejuízo, pois o meu objectivo estava a ficar difícil de concretizar. Depois da subida veio uma descida e um estradão e com isto mais 4 kms e eu no chão novamente com o pneu da frente furado. Fiquei pior do que estragado, mas como desistir não é meu lema tentei por um "machão" no pneu, mas com a pressa correu mal e lá tive de colocar câmara de ar pois não queria arriscar a encher o pneu e ele voltar a despejar, porque já não tinha como o encher , uma vez que uso ar comprimido. Nisto passaram uma tonelada de gajos e perdi para cima de 5 minutos.
Daqui para a frente foi sempre a fundo ou quase pois o pessoal não saia da frente e eu tinha de aguentar, mas a pouco e pouco lá fui passando o pessoal, ganhando vontade e comprimentando o pessoal conhecido que ia passado, ainda tentei dar roda ao Rui Barral e ao Mauro mas eles não quiseram.

Já perto do final sou informado que seguia 60 à minha frente.... o que me motivou bastante, mas pronto tirando os da maratona não devia de estar assim tão mau....tanto que seguia na roda da Ana Antunes da JPBikes "Campeã Nacional de Maratonas". Até ao final ainda passei mais uns quantos mas mesmo assim foi muito inglório o resultado final.
 
Resultados
         Kms: 39,90 
         Tempo: 1h41m55
         Média: 
         Acumulado: +- 600 m
         Classificação: 23º 

            http://www.bttcaldas.com/site/classi



A minha opinião


- Organização: sem nada a apontar, uma das melhores organizações que conheço
- Levantamento de dorsais: rápida, sem confusão, bem estruturada e organizada.
- Ofertas: a t-shirt, bonita, mas da vez estamos mais pobres.
- Partida: a horas, muito bem organizada.
- Percurso: infelizmente estou a começar a ficar enjoado, porque é sempre mais do mesmo e está a perder a graça.
 - Sinalização do percurso: excelente!

- Briefing: inexistente.
- Chegada: a melhor que conheço.
- Controlos: sem nada a apontar.
- Lavagem de bikes: sem opinião
- Posto de abastecimento: sem opinião
- Balneários: excelentes condições, sem nada a apontar.
- Almoço: não participei



Conclusão: 
Os objectivos saíram furados em longa escala, mas a nível físico senti-me muito bem e pelo registo do meu kms que acusou 1h32m23s a rolar, fui um bom tempo tendo em conta que andei de trás para a frente. Fica o treino à reparação de furos e ao sacrifício/força psicológica.

Fica uma palavra de obrigada aos que se ofereceram para me ajudar e aos meus fotógrafos que agora não falham uma. 

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Objectivo para a 6.ª Maratona de Óbidos

Domingo vou participar mais uma vez neste evento espetacular, no qual já participei por 3 vezes e acredito que vão ser muitas mais, não pelo percurso, que de meu ponto de vista não é nada de transcendente, mas pela a envolvência e organização. Aquela chegada ao castelo, a passagem pelo mesmo, o número de pessoal a assistir e a organização sem reparos, mantêm-me fiel a este evento, mesmo com a existência de outros nas proximidades onde nunca participei.

Como é lógico, vou com objectivo definido, o qual consiste em fazer top 8 melhorando assim o top 12 do ano passado, isto para a meia maratona. Para esse objectivo tenho de arrancar na frente da maratona e para isso tenho de chegar cedo, porque por norma a passagem pelo castelo causa engarrafamento e como a maratona é mais rolante, obriga-nos a ir desde logo na roda dos primeiros, ou então torna-se muito complicado alcançar o grupo da frente.  

A meia maratona conta com a distância de 39.93 km, tendo 800 m de acumulado de súbida e 821 de acumulado de descida. Pelo gráfico dá para perceber que a meia maratona conta com dois pontos "altos" o primeiro entre o km 8 e 10 e o segundo entre o km 35 e 38.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Rescaldo XCM#3 Alpiarça - Regional de Santarém

Hoje foi dia de mais uma estreia, desta vez na localidade de Alpiarça, onde nunca tinha ido, pelo menos que me lembre.


Sai de Alenquer pelas 07:45 de boleia com os paistrocinios e apenas com a companhia do Ricardo, uma vez que a equipa foi participar na 3.ª Maratona dos Trilhos da Vila em Alenquer.

Arranquei em direcção a Alpiarça, com uma temperatura algo esquesita e a chover, mas quanto mais me aproximava de Alpiarça melhor estava o tempo, o qual se veio a compor com um solzinho à maneira.

Chegado a Alpiarça fui levantar o dorsal 120 e desloquei-me para a entrada da box, pois queria ser dos primeiros, o que consegui, pois fui o segundo a entrar para a box, a qual foi composta pelos elites e Veteranos A da maratona e meia maratona. À partida estavam alinhados na primeira fila os meus concorrentes directos e algum pessoal conhecido, Ricardo Pereira, Luis Carvalho, Pedro Amaro, Irmãos Trancadas entre outros.


À hora marcada, ou seja, pelas 10:00 deu-se a partida e lá fui eu no prego a tentar chegar o mais à frente possível, aproveitando os primeiros kms em alcatrão, pois tinha todos os federados à minha frente. Com a entrada na terra batida o pelotão começou a alongar e a formar-se grupos. É este o momento que considero mais importante numa prova, porque se formos bem colocados .... depois é só manter lol.

Consegui fazer uma prova sem grandes complicações e quase sem ultrapassagens, porque depois de engrenar num grupo, foi sempre a rolar. Ainda tentei deixar o grupo para trás e ir na roda de outro atleta, mas acabei por peder a roda dele e tive de fazer uns kms sozinho até ser novamente alcançado pelo grupo, grupo esse que se manteve até ao final.

Nos primeiros 20 kms ainda consegui acompanhar a pedalada do "Luís Rufino" que estava em igualdade de pontos comigo mas depois faltou-me pernas.


Fica aqui também o registo que após uma troca de palavras com o Pedro Barreira, referentes ao open do Cartaxo, lá nos entendemos e tivemos de fazer equipa para alcançarmos outros dois atletas que tinham conseguido fugir do grupo e um deles contava para a nossa classificação. Já na parte final, a cerca de 300 metros da meta, ataquei, fui mais forte e terminei à frente do Pedro, mas não consegui alcançar o outro que terminou a escassos segundos e com direito a pódio lol.

Meu resultado:
Kms: 40,97
Tempo: 1h37m47s
Média: 24.9
Acumulado: 500
Classificação: 4.º (veteranos A) e 6.º Geral




Passeio Meia-Maratona – Veteranos A (30 a 39 anos)
ClassificaçãoNOMECLUBETEMPOPONTOS
1Carlos TrancadasBike Clinic01:33:4040
2Luís Rufinowww.luisrufino.com- Treinador Pessoal01:36:3235
3Luis LopesRIBABIKE/B. V. Almeirim01:37:0530
4Carlos SantosArealbike/RadioAlenquer01:37:1026
5Pedro BarrelaOuribike C.C. Ouriquense01:37:1223
6Luis CarvalhoTrilho Perdido/BarboRacing01:37:5820
7Ernesto Sérgio CaniçoRIBABIKE/B. V. Almeirim01:38:1018
8Bruno MaiaClube de Praças da Armada01:38:1216
9Luis JunhoClube de Praças da Armada01:38:1414
10Carlos RodriguesBarbo Racing01:40:4512
11Vitor MendãoHILZY RD SERVICES01:41:2610
12Pedro Miguel SoaresBike Clinic01:41:309
13Pedro SerradorOuribike C.C. Ouriquense01:43:418
14André Filipe LopesBike Clinic01:43:437
15Pedro AfoitoJP Bike Clube BTT Cartaxo01:45:176


 A minha opinião
- Organização: organização simples mas objectiva e sem complicações, mas continua a existir problemas na organização no terminar da meia maratona e segunda volta da maratona devido ao aculumar de pessoas na zona de passagem dos atletas.
- Levantamento de dorsais: super rápido (08:50)e sem confusões. 
- Ofertas: a tshirt da praxe, achei muito fraco para o valor da inscrição.
- Briefing: para mim inexistente.
- Partida: Partida à hora marcada e bem organizada... a mota podia era andar um bocadinho mais depressa e evitava os atropelos.
- Percurso: Muito rolante, muito estradão, alguma areia e pedras, pouca subida ...dentro das expectativas.
- Sinalização do percurso: boa.
- Controlos: muito bom, sem necessidade de parar.
- Posto de abastecimento: não utilizei.
- Chegada: Muito boa, com a gincana final, mas devia de ter sido colocado umas baias para evitar a confusão da passagem dos atletas da maratona.
- Lavagem de bikes: Não utilizei.
- Balneários: Não utilizei.
- Almoço: não participei.
- Prémios: Sem conhecimento

Conclusão:
Estou muito satisfeito com o resultado da prova, pois consegui alcançar o meu objectivo, apesar de ter sabido a pouco, tendo em conta que a 1 km do fim ia colado ao 3.º lugar, e consegui ficar à frente de atletas que por norma têm ficado à minha frente.  Já em termos gerais fiquei desiludido por o 4.º classificado não participou, logo ia subir um lugar, mas como o 7.º estava empatado comigo e ficou em 2.º fique na mesma em 6.º lugar, mas consegui reduzir a diferença pontual, para o 4.º e 5.º lugar já não é mau.

Fica o agradecimento mais uma vez aos meus pais por tudo.